• Isabela Barreto Hildebrand Madureira

EMPRESAS, ENTIDADES SOCIAIS E ÓRGÃOS PÚBLICOS DO DISTRITO FEDERAL RECEBEM SELO SOCIAL

Instituições que realizaram projetos com impacto social no DF em 2018 recebem reconhecimento



Marcos Sousa


Na última terça-feira (19), no auditório do UniCeub de Taguatinga, o Instituto Abaçaí reconheceu 24 organizações, 76 projetos e 182 ações de impacto social que foram positivas para a comunidade do Distrito Federal, por meio do Selo Social. Foram certificados projetos do poder público, empresas privadas e sociedade civil organizada.


O objetivo da certificação é reconhecer, através do Selo, as organizações que são socialmente responsáveis e participaram da formação no último ano. Além disso, desenvolveram projetos junto à outras entidades, tornaram públicos seu impacto social e têm regularidade fiscal. As organizações e projetos que foram selecionados passaram por um processo com critérios preestabelecidos de um conselho local e tiveram assessoria do Instituto durante o período de capacitação.


De acordo com a presidente do Instituto Abaçai, Carina Giunco, o aumento do número de participantes em relação à última edição foi expressivo, chegando a 260% de ampliação na quantidade de projetos sociais inscritos (nas áreas da saúde, educação, cultura, meio ambiente e outros). Já o número de ações de impacto social registradas quase triplicou. O quantitativo de beneficiários também chama atenção: “foram realizados mais de 23 mil atendimentos, cerca de 9 mil crianças e 14 mil adultos foram beneficiados de alguma forma pelos projetos”, comemora a presidente.


Para o representante da Rede Salesiana Brasil (responsável pelo projeto no DF), Pe. José Marinoni, o significado da certificação do Selo Social é o reconhecimento por parte da sociedade das instituições que estão comprometidas com o bem social da população local. “Importante perceber que o Selo não é um papel que se recebe, um certificado ou diploma: mas é a consequência de algo que já foi realizado concretamente. É importante perceber que esse processo começou devagar e aumentou, pois são cinco anos de atividade. Foram muitas instituições envolvidas, atores neste processo e, sobretudo, um número considerável de pessoas atingidas pelas instituições que buscam o bem comum”, afirma o Padre.


Impacto Social


Uma das instituições premiadas na solenidade foi a Nous, que atua com a questão da inovação por meio das práticas criativas de impacto social. De acordo com Daniel Mira, coordenador da iniciativa, cada um de nós tem potencial criativo e isso deve ser de alguma forma estimulado para gerar um impacto social positivo. “Estar envolvido nesse tipo de ação valida e fortifica a rede e as conexões que são possíveis em qualquer lugar. Acredito que em Brasília isso é bem pertinente e importante para que a gente comece a ter uma relação de mais integração das ações. Isso impacta a sociedade de uma maneira muito positiva”, afirma Daniel. Para conhecer mais projetos certificados com o Selo Social 2018, acesse www.selosocial.com/distritofederal


A Fundação Assis Chateaubriand (FAC) faz parte do Conselho de Articuladores, que avalia o trabalho dos participantes. Segundo o gerente de projetos da FAC, Eduardo Gay, 2018 foi um ano intenso da instituição no conselho distrital junto ao Selo Social, com foco na definição de estratégias de implementação nas regiões administrativas, junto às organizações que participaram da capacitação. “Trabalhamos com 24 organizações, fizemos a análise dos projetos, avaliando se a metodologia que foi ensinada durante os projetos foram realmente aplicadas. Analisamos se os impactos a que eles se propuseram realmente aconteceram a partir da aplicação dessas metodologias. Ficamos muito felizes com a adesão e comprometimento das instituições na aplicação dos seus projetos, pois é uma semente que está sendo plantada. São ações desse porte que a gente acredita na melhoria da nossa sociedade, que começa de forma micro, até chegar uma forma macro na comunidade”, destacou.


Inscrições para o Selo Social 2019


O programa do Selo Social 2019 terá como objetivo capacitar para o desenvolvimento de projetos sociais com identificação de seu impacto, e fará seus treinamentos no UniCeub Taguatinga e no ​Colégio La Salle de Águas Claras.


Os próximos encontros serão a partir de abril deste ano, o processo é gratuito e as inscrições podem ser feitas em http://www.selosocial.com/inscricao

1 visualização0 comentário